sexta-feira, 9 de julho de 2010

A maneira do cristão se vestir


Muito se tem comentado sobre as vestes dos cristãos. Como nós cristãos devemos nos vestir, de tal maneira que não causemos escândalos aos descrentes e não comprometamos a doutrina bíblica.
Uns dizem que as nossas vestes nada têm a ver com a salvação, pois esta é unicamente pela graça de Deus, o que indubitavelmente é verdade. Tanto que vemos as mais diferentes maneiras de se vestir dos cristãos.
Aliás, quando estamos falando de cristãos, estamos nos referindo aqueles que dizem ser salvos e vão para o céu depois da morte, especialmente os evangélicos que pregam a salvação unicamente em Cristo Jesus, nosso Senhor.
Agora vamos falar das vestes ou da maneira de se vestir de uma pessoa salva em Cristo. Todo nosso ser pertence ao Senhor Jesus Cristo - espírito, alma e corpo. Nós evangélicos devemos cuidar muito bem do corpo, pois conforme a Bíblia “1Co 6.19-20: Será que vocês não sabem que o corpo de vocês é o templo do Espírito Santo, que vive em vocês e lhes foi dado por Deus? Vocês não pertencem a vocês mesmos, mas a Deus, pois ele os comprou e pagou o preço.
Portanto, usem o seu corpo para a glória dele”. Nosso corpo como santuário do Espírito Santo, deve estar vestido decentemente, de modo que Deus seja glorificado quando os de fora olharem para nós, pois não pertencemos mais ao reino deste mundo, mas ao reino de Deus. Pedro na sua primeira epístola universal declara enfaticamente “... exorto-vos, como a peregrinos e a forasteiros. ... ( I Pedro 2:11)”. Ora, se somos peregrinos e forasteiros, tudo em nós deve ser diferente: linguagem, trajos, usos e costumes etc.
O corpo do verdadeiro cristão, não é somente um santuário, mas um instrumento e um vaso usado por Deus. Então, as vestes cristãs devem ser compatíveis com uma vida santificada, e não conforme os padrões impostos pelo mundo. Referimo-nos, especialmente as nossas amadas irmãs que, por professarem uma vida piedosa, devem se vestir conforme a recomendação de Paulo “Quero que as mulheres sejam sensatas e se vistam com decência e simplicidade (ITm 2.9ª)”
As roupas sensuais outrora estavam lá fora, no mundo, mas infelizmente agora tem entrado em nossas igrejas e isso tem entristecido o coração de Deus e a nós pastores também que zelamos pela santidade da igreja. Muitas das nossas irmãs estão identificadas com os padrões morais e éticos da sociedade que é hostil a Deus e a Sua palavra. Como já dissemos anteriormente, as vestes não salvam ninguém, somente Jesus Cristo salva, mas uma vez salvo, tudo tem a ver com esta salvação, o espírito, a alma e o corpo. Vestimos o interior com vestes de salvação e o exterior, a saber, o corpo com vestes que o resguardem da lascívia e da concupiscência dos olhos.
As mulheres que professam Jesus Cristo como senhor de suas vidas, à luz da Palavra de Deus, devem manter distância das modas femininas deste presente século que expõem o corpo ao pecado através de vestimentas provocantes para seduzir o sexo oposto. Neste sentido, Paulo diz: “Portai-vos de modo que não deis escândalo nem aos judeus, nem aos gregos, nem à igreja de Deus (I Co 10.32)”. Seguindo nossa recomendação doutrinária e assembleiana, nossas irmãs não devem vestir roupas que comprometam sua pureza, caráter e testemunho cristãos. Lembre-se; sua maneira de se vestir identifica quem realmente você é. Que Deus nos abençoe!
Pr. Martim Alves

4 comentários:

Margarete Solange disse...

Amém, Amado Pastor.

nadijane disse...

Amém.Já tinha lido esta matéria no jornal e tinha concordado com o pastor.
Somos o sal da terra,a luz do mundo!

amoreco disse...

Leio e concordo com as palavras,mais tbm infátiso que existem mulheres que se vestem dessa forma,mais o coração é podre,não quero dizer que as mulheres cristãs vão se vestir indescentimente,mais tenho visto mulheres de Deus e usadas por Deus que não se vestem nos padrões das Assembleias de Deus.e agora?Mais concordo pr.Martins que usar roupas sensuais não é ético para uma crsitã.

O irmão Félix disse...

Louvo a Deus pela vida do Pr. Martim Alves. Homem de Deus, comprometido com a sã doutrina e que nesse artigo expõe verdades bíblicas, das quais não há como o cristão fujir.