domingo, 10 de outubro de 2010

SEPULTAMENTO

Aconteceu hoje dia 10 de outubro por volta de 9:30hs,  debeixo de muita comoção o sepultamento da Irmã Ribaneide Peixoto, esposa do Pr. Riltom Peixoto, na cidade de Mossoró, a cerimonia funebre foi celebrada pelo Pr. Martim Alves da Silva, Pr. Presidente da Assembleia de Deus em Mossoró e Região, pastores de  varias cidades do estado , estavam presentes ali  naquele momento tão dificil, levando uma palavra de fé  e esperança a toda familia Peixoto, falaram na oportunidade alem do Pr. Martim Alves, o Pr. Antonio Jacome ( Natal), Pr. Miranda ( Açu), Pr. Ivam Gonçalves(Nova Cruz), uma grande multidão acompanhou o cortejo até o cemiterio Dix-Huit Rosado.
A Irmã Ribaneide de 53 anos de idade deixa viuvo o Pr. Rilton com quem era casada a 37 anos e seus 07 filhos

Aqui fica a nossa palavra de esperança a toda familia enlutada.

13 Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança.

14 Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele.

15 Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem.

16 Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.

17 Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.

18 Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras.

2 comentários:

Margarete Solange disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Margarete Solange disse...

Lamentamos a morte de nossa amada irmã Ribaneide por considerarmos tão prematura, no entanto acreditamos que Deus rege todas as coisas, e nada acontece no céu e na terra sem que Ele permita. Cumpriu-se na vida dessa serva de Deus o versículo que diz: combati o bom combate, encerrei a carreira e guardei a fé. Nossa alegria é saber que essa mulher virtuosa, grandemente amada pelo marido e filhos, foi recebida por Deus como bendita do Pai, e isso é um privilégio grande. Ribaneide sempre foi para mim pessoa admirável pelo seu jeito tranqüilo e testemunho exemplar. Dedico à família, que nesse momento passa pela dor da perda e da saudade, minha singela homenagem.