quinta-feira, 20 de maio de 2010

GRANDE AFLIÇÃO

Manhã de domingo. Subitamente acordei com uma estranha sensação. Perturbou-me o silêncio matinal. Parecia que tudo tinha parado em derredor de mim. Um mau pressentimento me envolveu repentinamente. Abraçou-me um pavor de morte. Meu marido não estava na cama, nem no banheiro. Apressada, circulei pela casa: meus filhos também não estavam em seus quartos, nem em lugar algum da casa. – Meu Deus, não pode ser! Pronunciei com voz débil. Continuei procurando de um lado para outro. Fui à cozinha: nada, ninguém! – Jesus, Jesus. Repetia como uma sonâmbula. Os cachorros também estavam quietos, não ouvia nenhum latido, nenhuma movimentação, mas eu sabia que eles estavam em derredor porque os cachorros não são arrebatados. Pobrezinhos, vão enfrentar a grande tribulação e eu não desejo isso nem mesmo aos meus piores inimigos quanto mais aos meus cachorrinhos. Circulava pela casa repetindo: – Jesus... Jesus... fiquei... fiquei. “Cordéis de morte me cercaram e angústias do inferno se apoderam de mim de mim”. Subi para o quarto novamente. Numa última esperança lembrei-me de telefonar para o meu marido, ele atendeu. Meu Deus, que alívio, Jesus não tinha voltado naquela manhã. Não que eu não queira que Ele volte, o que eu não desejo é ficar quando Ele voltar. Meu Deus, obrigada pelo grande susto. Foram tão somente alguns minutos de pesadelo, mas o pavor que senti, foi real. Não sei quanto tempo durou aquela sensação de morte, mas valeu uma eternidade. Foi uma angústia indizível, imaginar que Jesus tinha arrebatado os seus escolhidos e eu tinha ficado para traz, completamente só.


Margarete Solange, 19.05.2010. Obrigada, Senhor.

5 comentários:

nadijane disse...

Ai senti sua aflição e agora é que estou preocupada,se um dia eu for arrebatada vou sofrer pois vou deixar na terra filhos e marido, porque um está meio confuso e outra se afastou e 2 nunca aceitaram Jesus como seu Salvador.peço oração dos irmãos nesse sentido.Mais uma vez vc conseguiu atingir meu coração.

Margarete Solange Moraes disse...

Estou orando por vc e por sua família, desde o dia que vc me enviou o seu recado. Deus é poderoso pra fazer "coisas tão grandiosas, que não podem esquadrinhar, e tantas maravilhas que não se podem contar”.(Jo.5.9)
Assim eu creio!

nadijane disse...

Amém.

Rafaela disse...

Que susto! Esse artigo me faz refletir no dia glorioso da volta de Jesus. Desejo ardentemente subir com a igreja, e Deus me livre de passar tamanha aflição como essa. Deus, ajuda-me!

Margarete Solange Moraes disse...

Gente agora quem sumiu foi o pessoal do pensoefalo. Alguém viu essa família por aí? No blog adosemeador tem um mural de desaparecidos, será que eles estão por lá? rsrsrsrsrsss