quinta-feira, 24 de junho de 2010

Aleluia



Poesia de Gióia Junior

Ele vive e Ele reina
Ele aquece e conforta
Ele chega de manso
Ele bate na porta.
Ele livra do mal
E desfaz o perigo
Ele vem ao teu lar
Ele fica contigo
Ele pega teu pulso
Ele espanta o teu tédio
Ele encontra o teu mal
E oferece o remédio,
Ele faz o alicerce
E levanta a parede
Ele te refrigera
E te mitiga a sede

Ele te ressuscita
Ele te faz um forte,
E te livra do medo
E te livra da morte!

Ele te vê sofrendo,
Ele te revigora,
E levanta o que tomba
E consola o que chora
E perdoa o que peca
E alivia o que punge
E te abraça e te beija
E te marca e te unge
Ele apaga o pecado
E o fardo se faz leve
E o vermelho escarlata
É mais alvo que a neve.
Ele lava o vestígio
E a nódoa do teu crime,
E a insônia que te esmaga
E a angústia que te oprime
E pela sua chaga
Ele enfim te redime!

Ele meigo te envolve
Afável com seu manto
Glória ao Pai, glória ao filho
E ao Espírito Santo!
Ele é como uma ovelha ,
Ele é como uma estrela:
A bem –aventurada
Estrela da manhã!
Ele é o lírio do vale
Ele é a água da fonte
Ele é a pedra de esquina,
A fonte sempiterna
A que mana água pura
Água da vida eterna,
A pedra em que se assenta
A nossa segurança
A nossa salvação
A fundada esperança.

Ele é a cruz do calvário
E a coroa de espinhos,
A única verdade,
E o único caminho,

Ele é a nossa alegria
E a morte suportou
Mas ao terceiro dia
Ele ressuscitou –
Ó trombetas de prata
Ecoai! Ecoai!
Ele reina em triunfo
À direita do Pai
Ele habita no céu
Onde vela por mim
E de onde no juízo
Há de voltar enfim

E entre vivos e mortos,
A trombeta a soar
Ele vai nos ouvir
Ele vai nos julgar
Ele vai nos medir
Ele vai nos pesar
Ò salvos por seu sangue
Exultai! Exultai!
Ele nos chamará
“Benditos de meu Pai”
E estaremos com Ele
Em glória e majestade
Habitando no céu
Por toda a eternidade!



* * *

Um comentário:

Margarete Solange Moraes disse...

Adoro essa poesia de Gióia Júnior. Linda Demais. Ela faz parte do livro "Menino Pobre" da Editora Betânia.