quarta-feira, 2 de junho de 2010

O GRANDE DIA DO SENHOR

Oh quão formosos são os pés dos que anunciam as boas novas de Cristo! Dos que seguem por caminhos áridos ou por vales tenebrosos levando em seu alforje a preciosa semente do evangelho da paz, espalhando pacientemente pelo caminho por onde passam os ensinamentos que aprenderam do Mestre Jesus. Homens, mulheres e crianças que agora choram por amor do evangelho de Cristo e que pelas almas sofridas intercedem pelas madrugadas. Brevemente de seus olhos toda lágrima estancará, todo o pranto cessará... E suas alegrias serão eternais. Se muitas vezes pelo vale da sombra da morte, os obreiros de Deus caminham, não se apavoram, porque o Bom Pastor os guia pela mão. Com a vara os defende dos perigos, livrando-os do mal. Se durante a jornada é necessário enfrentar rios de águas turbulentas, o Pastor Divino atravessa a correnteza conduzindo sobre seus ombros cada ovelhinha de seu rebanho. E nas horas difíceis os envolve com a sombra de sua proteção. Ao final da provação, os conduzirá novamente a pastos verdejantes e os guiará por águas tranqüilas. Os obreiros prudentes não lançam aos porcos as suas pérolas, estão sempre atentos a voz de Deus para saber onde devem semear... Se entre espinhos, em terras férteis ou ao longo caminho. Não desvanece a sua fé, porque sabem que até mesmo em corações pedregosos o Soberano Deus faz brotar sementes. Deitados em seus leitos, ouvem a voz daquele que do alto lhes chamam e respondem como respondeu Samuel: “fala Senhor, porque o teu servo ouve!! Ou ainda como disse Isaías: “Eis-me aqui, envia-me a mim!” Os fieis obreiros do reino empenhados em constantes labor aguardam a volta do Senhor Jesus Cristo e de mãos vazias não irão ao seu encontro. O Onisciente Rei os tem visto em suas obras. Que ninguém tome a vossa coroa! Porque o grande dia do Senhor não tardará. E a vossa grande alegria será quando Ele vier nas nuvens com alaridos de trombetas, com grande poder e glória. E o obreiro que com saudade o espera diz em oração: vem depressa meu amado! Ora vem Senhor Jesus!


Escrito por Margarete Solange Moraes em 24.06.2004.

3 comentários:

nadijane disse...

Belo artigo.É muito bom poder dizer: "Ora vem Senhor Jesus"!
Enquanto alguns anunciam as boas novas de Cristo,milhares buscam boas novas nas drogas e na prostituição.Pai santo,obrigada por proteger aqueles que anunciam as boas novas nesse mundão.Abençoa Margarete para que ela continue sendo essa escritora espetacular e exemplar serva do Senhor.

Margarete Solange Moraes disse...

Obrigada Nad. Espetacular és tu, Mulher, que sempre tens palavras tão gentis para animar essa tua colega. Oro por ti. Abração.

Margarete Solange Moraes disse...

Dedico esta poesia a todos os que seguem por caminhos áridos ou por vales tenebrosos levando a preciosa semente do evangelho da paz, espalhando por onde passam os ensinamentos do Mestre Jesus.